SEMANA CIENTÍFICA: Saberes e Fazeres da Psicologia

A primeira SEMANA CIENTÍFICA: Saberes e Fazeres da Psicologia, aconteceu no período de 23 a 27/05/2022 contando com a presença e participação de professores e psicólogos renomados e atuantes na área que vieram compartilhar seus conhecimentos sobre a Luta Antimanicomial e sobre os desafios, conquistas e deleites das diversas áreas de atuação do psicólogo. Outra atividade de semana foi a apresentação dos Projetos de Extensão dos alunos do 1º período.

Todos os alunos e professores do Curso participaram ativamente e apreciaram muito esse momento de integração e troca de saberes.

Veja a programação e registros a seguir:

SEMANA CIENTÍFICA:   SABERES E FAZERES DA PSICOLOGIA        PROGRAMAÇÃO  

 23/05- Abertura:  palestra virtual “Simplificando a Abertura de Empresas na Saúde
-Documentário “Holocausto Brasileiro” (2016, adaptação do livro homônimo escrito por Daniela Arbex)

 24/05-Luta Antimanicomial: Debate com profissionais da área sobre o documentário “Holocausto Brasileiro”  e o movimento Antimanicomial seguido de vídeo: “A chave da nossa casa”, a partir das 19h 

25 e 26/05 – Apresentação dos Projetos de Extensão:  “Áreas de Atuação do Psicólogo”

 27/05-  Culminância da Semana Científica: Mesa redonda “Saberes e Fazeres da Psicologia” com  Psicólogos renomados atuantes nas  diferentes áreas abordadas na Extensão I , seguida de um coffee break         

Dia da Luta Antimanicomial

Em Uberlândia, na última quarta-feira (18/05), trabalhadores, usuários, familiares e conviventes dos dispositivos da rede pública de Saúde Mental se reuniram no Parque do Sabiá para comemorar a importância dessa data. 
A Luta Antimanicomial é um movimento social que luta pelos direitos das pessoas em sofrimento mental e pela garantia do cuidado integral em liberdade.
O evento foi marcado por muita arte e atividades culturais e homenageou a cantora Dona Ivone Lara, que também era enfermeira especializada em Terapia Ocupacional e atuou junto à Nise da Silveira no Instituto Engenho de Dentro (Rio de Janeiro), desempenhando um papel importante na Reforma Psiquiátrica Brasileira. 
A Banda Municipal de Uberlândia abriu o evento, esquentando a manhã atipicamente fria em nossa cidade. Depois, o Coro Cênico do Centro de Convivência e Cultura de Saúde Mental (CCC) se apresentou, seguido por atividades de alongamento e zumba, realizadas pelo Centro de Atenção Psicossocial (Caps Norte) e pelo  CCC.  Em seguida, teve dança circular, atividade oferecida pelos Caps Oeste e Caps Leste. 
Para as crianças e adolescentes do CapsI houve contação de histórias com a artista Dândara Gabrielle. Os adolescentes protagonizaram o palco com linda apresentação de dança e divertida cantoria. Além disso, teve voz e violão do Capsad. Ao fim da manhã, o palco se abriu para diversas apresentações de música, canto e poesia. 
Foi bonita a festa, foi aconchegante o encontro. Foi bonito encontrar essa gente de luta, de liberdade. Teve cafezinho, bolo feito com afeto, sol (apesar do frio), enfeites de girassol e o mais importante: gente! Para nos lembrar que uma rede é sempre feita de e por nós.

No dia 9/05/2022, na disciplina ‘Desenvolvimento Humano e Ciclo Vital I’, ministrada pela profª Maria Tereza,   tivemos  a  introdução do  estudo do Desenvolvimento Cognitivo a partir da Epistemologia Genética de Jean Piaget.  Para tanto, utilizamos o jogo  Tangram, uma vez que o epistemólogo suíço afirmou que  nós  construímos  o nosso  próprio conhecimento.  Segundo Piaget, o pensamento se origina na ação, e para se conhecer a gênese das operações intelectuais é imprescindível a observação da experiência do sujeito com o objeto.

Então, mãos – e cognição-  à obra turminha do 1º período de Psicologia!!!

Dia Nacional da Luta Antimanicomial

No dia 18 de maio é comemorado, em todo o país, o “Dia Nacional da Luta Antimanicomial”, para lembrar a luta do movimento social que mudou a assistência à saúde mental no Brasil e deslocou dos hospitais para a comunidade o foco do tratamento. Esse movimento ficou conhecido  como Reforma Psiquiátrica.

A Reforma Psiquiátrica possibilitou a construção de uma política pública de saúde mental a fim de substituir as internações em manicômios, os choques elétricos e as violações,  por uma prática humanizada que preze pela liberdade do paciente.

Vamos conversar mais sobre esse importante movimento na “Semana Científica em Ciências da Saúde, Psicologia e Educação Física da UNIPAC”- ‘Saberes e Fazeres da Psicologia’. Te esperamos lá!!!. 

Participe do Dia 18 de maio, dia da Luta Antimanicomial, o movimento social que luta pelos direitos das pessoas em sofrimento mental e advoga pelo fim da lógica manicomial nos cuidados da saúde.

Neste ano, será homenageada Dona Ivone Lara, cantora, enfermeira especializada em Terapia Ocupacional que atuou no Instituto do Engenho de Dentro com a Doutora Nise da Silveira.

Onde? No quiosque Multiuso Parque do Sabiá

Quando? 18 de maio

Horário? 8:30 às 11:30

Realização: Trabalhadores, usuários e conviventes da Rede de Saúde Mental de Uberlândia, Centro de Convivência e Cultura de Saúde Mental, Caps Norte, Oeste, Leste, Capsi, Capsad, Unidade de acolhimento Infanto-juvenil. Apoio: SPDM, SMS-PMU